Conjuntivite


O que é Conjuntivite?
 
Conjuntivite é o nome dado à inflamação da conjuntiva (tecido que reveste o olho e as pálpebras internamente). Ela pode ser causada por infecção (vírus ou bactérias), irritação a alguns produtos (xampu, fumaça, poeira e outros) e alergias.
 
Em casos de conjuntivite infecciosa, principalmente as de causa viral, pode haver transmissão de pessoa para pessoa, por contato com objetos contaminados de uso pessoal (maquiagens, toalhas e outros) e, em alguns casos, por via respiratória quando o contato é próximo.
 

Tipos de Conjuntivite
 
Infecciosa bacteriana: a conjuntivite infecciosa é a mais comum. Pode ser causada por vírus, bactéria ou fungos. Este tipo de conjuntivite é transmitida pelo contato com objetos contaminados (toalhas, maquiagens, fronhas e outros), com pessoas que estejam com a infecção ou com água de piscina. 
Infecciosa viral:este tipo de conjuntivite é transmitida durante pequenas epidemias. Age de forma rápida diante de ambientes que propiciam contato direto com secreções e ambientes populosos como escolas, meios de transporte, empresas e outros. 
Alérgica: na maioria dos casos, a conjuntivite alérgica acomete pessoas que possuem tendência a alergias como rinite e bronquite. Esta conjuntivite não é transmissível e pode ser causada por reações alérgicas a poeira, pelo de animais e outros fragmentos que possam cair nos olhos.

 
Sintomas da Conjuntivite

  • Ardência
  • Coceira
  • Embaçamento da visão
  • Inchaço das pálpebras
  • Lacrimejamento
  • Olho vermelho
  • Secreções
  • Sensação de areia
  • Sensibilidade à luz

 

Tratamentos
 
O tratamento será determinado de acordo com a causa da conjuntivite. Em casos de infecção bacteriana, o tratamento será feito com o uso de antibióticos, realizado e interrompido com orientação médica, mesmo que ocorra melhora rapidamente.
 
Se a causa da conjuntivite for viral (mais comum), como a maioria dos resfriados, deve-se esperar a melhora entre 7 a 10 dias após seu início. O uso de antibióticos não tem indicação nesse caso, e sim medidas para o alívio dos sintomas, como compressas geladas, colírios lubrificantes e analgésicos.
 
Se a conjuntivite for desencadeada por contato com substâncias irritativas, deve-se lavar os olhos e evitar novo contato com o produto. Se os sintomas persistirem, uma avaliação médica será necessária.
Em casos de etiologia alérgica, deve-se evitar contato com o alérgeno e usar medicamento específico orientado pelo médico. Em todos os casos, o uso de lentes de contato deverá ser suspenso até que haja liberação médica.

 

Como prevenir?

  • Lave as mãos frequentemente com água e sabão.
  • Evite tocar os olhos sem higienizar as mãos.
  • Evite usar maquiagem de outras pessoas nos olhos.
  • Nunca use lentes de contato de outras pessoas.
  • Nunca use colírios utilizados anteriormente por pessoa com conjuntivite.
  • Não leve seu filho com conjuntivite para o berçário ou à escola até que o quadro tenha se resolvido.
  • Utilize apenas produtos descartáveis para limpeza e realização de compressas na área afetada pela conjuntivite (algodão, gaze ou lenço de papel), desprezando-os imediatamente após o uso.
  • Lave, regularmente, lençóis, fronhas e toalhas.


Rua Abílio Soares, 218 - Paraíso - São Paulo - SP - Próximo à estação Paraíso do metrô - Central de Atendimento (11) 3050-3333