A cirurgia refrativa mudou minha vida!

Publicado em 21/06/2017

Abandonar o uso dos óculos de grau e das lentes de contato com a cirurgia refrativa era o sonho de Diogo Aguilar. Confira a entrevista!

 

Cirurgia refrativa

 

Liberdade! Justamente o sentimento de Diogo Aguilar, 27 anos, quando finalmente conseguiu ficar livre do uso obrigatório dos óculos de grau e das lentes de contato. Como? Simples! Após passar por uma consulta com um oftalmologista, Diogo decidiu fazer a cirurgia refrativa, considerada um dos procedimentos mais precisos, seguros e rápidos da medicina, conseguindo, desse modo, eliminar por completo os dois problemas que tinha de ametropia – erro da refração ocular que dificulta a nitidez da imagem na retina.

 

“A cirurgia simplificou muito a minha vida”, garante com satisfação Diogo, ao afirmar que “sem dúvida, quem usa óculos e ainda não fez [a cirurgia] está perdendo tempo e vida”. Quando procurado pela Revista H.Olhos, ele topou na hora falar sobre o antes e depois da cirurgia.

 

Qual era o seu problema de visão?

Eu era míope, aproximadamente 5 graus em cada olho, e também tinha 2 graus de astigmatismo, ou seja, dois problemas de refração com grau elevado, o que me deixava dependente dos óculos e das lentes de contatos para ter uma boa qualidade de vida. Usava óculos desde os meus 12 anos de idade.

 

O que o levou a fazer a cirurgia refrativa?

Os óculos me incomodavam por vários motivos, entre eles, deixava marca no meu nariz e me atrapalhava na hora de fazer esportes. Principalmente por causa desses dois motivos, eu usava lentes de contato. Mesmo assim, sempre achei desconfortável ter de usar esses dois acessórios – a vida é muito mais simples sem o uso obrigatório dos óculos e das lentes de contato.

 

O que sentiu logo após a operação?

A cirurgia foi extremamente simples e, em menos de 10 minutos, eu já estava fora do centro cirúrgico. O meu pós-operatório também foi tranquilo, nem parecia que eu tinha passado, de fato, por uma cirurgia, processo que geralmente causa medo nas pessoas. Enfim, tudo foi perfeito e o resultado sensacional, da forma como eu queria e esperava, ansioso.

 

Quanto tempo depois da cirurgia você pôde voltar às atividades normais?

No mesmo dia. Sensacional, não é?!

 

Como era sua vida antes da cirurgia?

Só quem usa óculos ou lentes de contato sabe das preocupações – as lentes ainda exigem um ritual indispensável de limpeza para garantir a saúde dos olhos. Além disso, tinha de renovar exames, trocar os óculos e lentes com a mudança de grau, etc. Sem contar o desconforto na hora da prática esportiva, como comentei anteriormente.

 

E como é a sua vida agora?

A cirurgia refrativa simplificou muito a minha vida. A sensação de não depender mais dos óculos e mesmo das lentes de contato foi sensacional. Sem os dois acessórios, eu sinto mais liberdade para fazer meu treino na academia, praticar os dois esportes que eu gosto, que é a corrida e andar de patins, usar óculos de sol… Para resumir, ganhei otimização de tempo e qualidade de vida, duas coisas que são mega importantes pra mim.

 

Você indicaria a cirurgia refrativa para outras pessoas? Por quê?

Sem dúvida, quem usa óculos e ainda não fez a cirurgia refrativa está perdendo tempo e vida.

 

Atenção!

O objetivo da cirurgia refrativa é diminuir ou eliminar o uso de óculos e lentes de contato, porém, o resultado varia de paciente para paciente. No caso do Diogo, ele conseguiu eliminar totalmente o uso das lentes corretivas. Em geral os resultados são satisfatórios, a maioria dos pacientes tem suas expectativas atendidas, mesmo aqueles que apresentam altos graus.

 

Saiba mais sobre a cirurgia refrativa.


« VOLTAR


Deixe seu comentário: